Setor bancário reconhece oportunidades e riscos relacionados com as questões da sustentabilidade, indica estudo

by Cristiana Macedo | 18 Fevereiro 2021 11:34

A Mazars, empresa internacional de fiscalidade, auditoria e consultoria, já lançou a edição de 2021 do seu estudo de benchmarking “Práticas responsáveis na banca”. O estudo global avalia as práticas de sustentabilidade em 37 dos maiores bancos mundiais localizados na Europa, África, Américas e Ásia-Pacífico.

A análise demonstra que “o setor bancário reconhece amplamente as oportunidades e riscos relacionados com as questões da sustentabilidade” mas, a “implementação total de práticas projetadas para atingir objetivos sustentáveis está ainda em fase de desenvolvimento”, lê-se no comunicado da Mazars.

Luís Gaspar, Managing Partner da Mazars em Portugal, confirma que esta é uma tendência também verificada no mercado nacional: “Estamos perante uma transformação da cultura financeira, à medida que este tipo de preocupações se torna cada vez mais urgente. A expectativa é que todas as organizações, particularmente aquelas que possuem um impacto significativo na economia ou uma atividade de interesse público, implementem processos que assegurem o respeito para com temas ambientais e sociais. Tal é visível nos clientes do setor financeiro com os quais trabalhamos em Portugal e torna-se algo a considera quando equacionamos as suas necessidades e as soluções a serem disponibilizadas”.

Os bancos têm feito avanços significativos na sustentabilidade

A análise global mostra que a maioria dos bancos avaliados:

Leila Kamdem-Fotso, partner da Mazars, constata que “não há dúvida que os bancos estão a tornar as suas práticas mais sustentáveis e que têm vindo a fazer progressos desde o nosso primeiro estudo. Os resultados são encorajadores, mas revelam também algum trabalho por realizar”. Para a responsável, “os bancos precisam de implementar práticas relevantes, particularmente as relacionadas com a gestão dos riscos climáticos e divulgações, isto se querem cumprir com os objetivos de sustentabilidade. Uma forma de fazer isso é melhorar as metodologias e quantificar melhor os impactos relacionados ao clima incorridos nos seus relatórios”.

Melhorias em todas as áreas: 2021 vs 2020

Comparando os resultados recentes com o estudo de 2020, os bancos fizeram progressos relacionados com as finanças sustentáveis em todas as dimensões analisadas:

Source URL: https://www.ambientemagazine.com/setor-bancario-reconhece-oportunidades-e-riscos-relacionados-com-as-questoes-da-sustentabilidade-indica-estudo/