Siemens está a eletrificar troços de autoestrada na Europa e nos EUA

Siemens está a eletrificar troços de autoestrada na Europa e nos EUA

A Siemens está a instalar o seu conceito eHighway nas proximidades dos portos de Los Angeles e Long Beach, nos EUA, avança o jornal Expresso. Trata-se da eletrificação de um troço de autoestrada que, através de um sistema de catenária, fornece energia elétrica a camiões de transporte de mercadorias. As vantagens passam pelo menor consumo de combustíveis fósseis, redução de custos e de emissões de CO2.

O grupo industrial e tecnológico alemão já tinha lançado o seu primeiro projeto para a construção de estradas elétricas na Europa, com início na Suécia, país que pretende ficar livre dos combustíveis fósseis até o ano de 2030. De acordo com a companhia está a ser “instalado um sistema de cabos aéreos para caminhões híbridos” no país e essa estrutura será responsável por eletrificar um trecho de dois quilómetros da estrada E16 ao norte de Estocolmo. Esse trajeto conecta as regiões de Dalarna e Gävleborg, regiões industriais dominadas pelas indústrias do aço, papel e mineração, ao porto de Gävle.

A novidade visa diminuir eletricidade e a emissão de poluentes, como ressalta Roland Edel, diretor de tecnologia da divisão de Mobilidade da Siemens, citado pelo blogdaengenharia.com: “A estrada elétrica é duas vezes mais eficiente que os motores de combustão interna. Isto significa que não só se reduz à metade o gasto de energia, mas também se reduz a poluição no ar local”.

O objetivo é verificar a funcionalidade do sistema para uso comercial no futuro, já que serão realizados dois anos de testes.