SIMDOURO e Águas de Gaia apresentam projeto de Neutralidade Energética e de reutilização de águas residuais da ETAR de Gaia Litoral

SIMDOURO e Águas de Gaia apresentam projeto de Neutralidade Energética e de reutilização de águas residuais da ETAR de Gaia Litoral

Categoria Águas, Ambiente

O projeto de Neutralidade Energética na ETAR de Gaia Litoral e os projetos de reutilização de águas residuais serão apresentados amanhã, às 10:00h, em cerimónia pública, presidida pelo Ministro do Ambiente e da Transição Energética, João Pedro Matos Fernandes.

A ETAR de Gaia Litoral é a infraestrutura de maior dimensão da SIMDOURO, sendo responsável pelo tratamento de 12 hm3 de águas residuais por ano, e por consequência a instalação que representa o maior consumo energético da empresa, cerca de 35% do total

De acordo com a nota enviada à imprensa, o tratamento efetuado às águas residuais, “permite produzir elevados volumes de biogás, bem como a produção de energia elétrica. Por outro lado, o processo de tratamento de águas residuais, necessita de energia elétrica para a produção de oxigénio, circulação de lamas, ventilação, desodorização, etc”.

Neste âmbito a SIMDOURO desenvolveu um plano que visa reduzir o consumo de energia necessária para o processo de tratamento de águas residuais e em simultâneo um conjunto de medidas para aumentar a capacidade de produção de energia elétrica a partir de biogás, das quais faz parte a instalação de um novo cogerador que representará uma poupança anual de energia próxima de 3 GWh, que se traduz numa redução de custos superior a 300.000 EUR por ano.

Este investimento no valor de 367.500,00EUR, que será recuperado em menos de 2 anos, integra-se no Plano Estratégico de Neutralidade Energética que visa transformar a ETAR de Gaia Litoral numa instalação neutra do ponto de vista energético em 2020.

As medidas tomadas enquadram-se no Roteiro para a Neutralidade Carbónica em 2050 que visam tirar o máximo de eficiência da produção de biogás em sistemas de digestão anaeróbica de lamas, enquanto procuram reduzir ao mínimo indispensável o consumo de energia elétrica no processo de tratamento de águas residuais.
Nesta cerimónia será ainda apresentado o projeto RART- Reutilização de Água Residual Tratada- da Águas de Gaia, que visa dar resposta às mais recentes preocupações ambientais e ao facto de estarem previstas alterações legislativas no que se refere ao reaproveitamento de água residual.

Neste sentido, foi instalado um sistema para abastecimento da zona marginal do concelho de Vila Nova de Gaia com água reutilizada, proveniente da ETAR Gaia Litoral, bem como um ponto de abastecimento que visa o fornecimento de água para efeitos de rega nas zonas ajardinadas da orla marítima e de limpeza urbana.

Ainda no âmbito da economia circular e de modo a promover o uso eficiente dos recursos hídricos, bem como a sensibilização para a adoção de comportamentos ambientalmente sustentáveis, a Águas de Gaia irá apresentar o projeto de instalação de um sistema de aproveitamento da água da chuva para abastecimento das instalações sanitárias de 5 escolas do concelho.

Resta informar que nesta cerimónia também estarão presentes o Presidente da C.M. de Vila Nova de Gaia, Eduardo Vítor Rodrigues, os membros dos Conselhos de Administração da SIMDOURO e da Águas de Gaia, entre outros representantes de entidades oficiais.