Sintra avança com ETAR de Cabrela num investimento de 670 mil euros

Sintra avança com ETAR de Cabrela num investimento de 670 mil euros

Categoria Advisor, Empresas

O município de Sintra aprovou a abertura de concurso público de construção da Estação de Tratamento de Águas Residuais (ETAR) de Cabrela, na União das Freguesias de São João das Lampas e Terrugem, com o preço base na ordem dos 670 mil euros, pode ler-se num comunicado.

Com um prazo de execução de 365 dias, a empreitada de construção da ETAR de Cabrela vai complementar a execução da rede de drenagem de águas residuais de Silva, Faião, Cabrela e Casais de Cabrela que se encontra em curso, que representa um investimento dos Serviços Municipalizados de Água e Saneamento de Sintra (SMAS de Sintra) de 1 milhão e 600 mil euros.

Segundo os SMAS de Sintra, a futura ETAR de Cabrela vai localizar-se a sul das povoações de Silva, Faião e Cabrela e a norte de Casais de Cabrela, ocupando uma área de implantação de 2.545 m2, tendo sido projetada para dar resposta às necessidades de saneamento de cerca de 900 pessoas.

A solução de tratamento a adotar será um processo por “biomassa em suspensão, por lamas ativadas em vala de oxidação, com as águas residuais tratadas a serem encaminhadas para um afluente da ribeira de Cabrela”, através da construção de um coletor de ligação da ETAR à linha de água, refere o mesmo comunicado.

A intervenção dos SMAS de Sintra em Silva, Faião, Cabrela e Casais de Cabrela está a decorrer a bom ritmo, abrangendo a construção de uma rede de coletores com cerca de 4,5 quilómetros, contemplando, ainda, a remodelação da rede de abastecimento de água. Com um prazo de execução de 900 dias, os trabalhos iniciaram-se no final de 2020, ligeiramente mais tarde do que estava previsto devido à necessidade de acompanhamento arqueológico e as devidas autorizações por parte da Direção Geral do Património Cultural, por se tratar de uma área de elevada sensibilidade arqueológica.

Esta empreitada insere-se num projeto mais vasto que incluiu a construção das redes de Godigana e Carne Assada, um investimento de 1 milhão e 728 mil euros, que beneficiou cerca de 450 habitantes.

A rede de drenagem é constituída por duas bacias, incluindo a rede de coletores, uma estação elevatória de águas residuais em Casal de Cabrela e a construção das ETAR de Godigana e Cabrela. A ETAR de Godigana está em atividade e representou um investimento de 400 mil euros.