Sintra reduz em 20% a emissão de CO2 até 2020

Sintra reduz em 20% a emissão de CO2 até 2020

O presidente da Câmara Municipal de Sintra, Basílio Horta, assumiu, em 2014, quando aderiu ao projeto ClimaAdaPT.Local, “implementar mecanismos de adaptação local aos desafios climáticos globais no planeamento do território e na atuação da estrutura municipal”, refere o Correio da Manhã.

Em 2015, a autarquia aderiu a nível europeu ao Pacto de Autarcas e apresenta agora o Plano Municipal de Ação para a Energia Sustentável que, lembra o autarca, “é a concretização do compromisso estratégico que Sintra assumiu em 2014. O plano prevê reduzir em 21% o consumo de energia, descer em 20% a emissão de CO2 e reduzir em 22% a fatura energética em todo o município.”

“Nesta estratégia está previsto um investimento, através de verbas comunitárias, de cerca de seis milhões e 500 mil euros. A verba é repartida pelos edifícios e equipamentos da responsabilidade da autarquia, cerca de dois milhões e 400 mil euros, e o investimento na iluminação pública municipal, quatro milhões e 200 mil euros”, frisou o edil de Sintra.