SISCOG apresenta novidades na otimização do planeamento do transporte ferroviário no IO 2017

SISCOG apresenta novidades na otimização do planeamento do transporte ferroviário no IO 2017

Categoria Advisor, Investigação

A SISCOG, empresa de software que desenvolve sistemas de apoio à decisão no planeamento e gestão otimizados de recursos de empresas de transporte, irá patrocinar o IO 2017, o XVIII Congresso da Associação Portuguesa de Investigação Operacional (APDIO), que se vai realizar entre os dias 28 e 30 de junho no Instituto Politécnico de Viana do Castelo, em Valença. Para além disso, a SISCOG vai apresentar um artigo sobre a problemática da otimização do planeamento de linhas comerciais de operadores ferroviários de transporte de passageiros.

“O IO 2017 é um importante congresso da área da Investigação Operacional que junta profissionais, investigadores, docentes e estudantes deste tema, oriundos de vários países. Este congresso, que se realiza a cada dois anos, é uma oportunidade única para aprender através da troca de experiências e partilha de conhecimentos numa área que se intersecta com os ramos da matemática, gestão, engenharia e outras ciências”, pode ler-se em comunicado.

A SISCOG estará representada no congresso por Carlos Iglésias, especialista em otimização, que vai apresentar no dia 29 de junho, pelas 15h30, um artigo intitulado “Solving large-scale railway line planning problems using a genetic algorithm“. Com esta apresentação, a SISCOG dará a conhecer como resolveu o problema de um grande operador ferroviário europeu, naquele que é um passo importante no processo de geração da oferta comercial de caminhos de ferro de passageiros.

Estará também presente no Congresso da APDIO, Ricardo Saldanha, Diretor de Inovação da SISCOG, que realça a importância deste evento. “Primeiro, porque é o maior evento nacional de Investigação Operacional, sendo este ramo da matemática aplicada um dos domínios científicos em que a SISCOG mais aposta para tornar os seus produtos mais competitivos. E em segundo lugar, porque em matéria de otimização as inovações que a SISCOG tem introduzido na sua oferta são baseadas, quer em ideias próprias, quer em ideias vindas de várias comunidades científicas, entre as quais a da Investigação Operacional. Nesse sentido, temos muito gosto em apoiar uma comunidade que tanto nos tem dado e fazemo-lo destas duas maneiras: partilhando conhecimento e patrocinando o evento.”