SMAS de Sintra investem 50 mil euros em compostagem doméstica e comunitária

SMAS de Sintra investem 50 mil euros em compostagem doméstica e comunitária

Categoria Ambiente, Resíduos

Os Serviços Municipalizados de Água e Saneamento de Sintra (SMAS de Sintra) entregaram compostores comunitários nas Hortas Solidárias da Câmara Municipal de Sintra (CMS). A entrega dos compostores, segundo a entidade, decorreu esta quarta e quinta-feira, em Rio de Mouro, Cacém, Monte Abraão e Pego Longo (Belas).

“Compostagem é Reciclar e Reutilizar-Ser Melhor pelo Ambiente!” é o novo projeto de compostagem doméstica e comunitária dos SMAS de Sintra, que tem por objetivo “sensibilizar para o aproveitamento dos restos da preparação de alimentos e da manutenção dos jardins e hortas, para a produção de um fertilizante rico em nutrientes (composto agrícola)”, lê-se num comunicado.

Para concretizar este objetivo, os SMAS de Sintra asseguram em comunicado que vão disponibilizar gratuitamente, à população e entidades, “600 compostores domésticos, com capacidade de 330 litros, e 100 compostores comunitários, com capacidade de mil litros, que permitem o tratamento local dos resíduos orgânicos produzidos diariamente”.

A aquisição destes equipamentos, por parte dos SMAS de Sintra, representa um “investimento inicial de cerca de 50 mil euros”, precisa o comunicado.

Ao potenciar a valorização dos resíduos orgânicos, o projeto visa a redução do seu encaminhamento para incineração ou aterro, mas também sensibilizar a população para a necessidade de diminuir a deposição de resíduos indiferenciados.

Os compostores domésticos serão entregues à população que disponham de habitações com logradouro (terraço, jardim, quintal ou horta), mediante submissão de candidatura online. Os compostores comunitários serão atribuídos a entidades e condomínios. Em ambos os casos, os SMAS de Sintra vão promover workshops de compostagem e agricultura biológica, em data e local a designar, referem.

No início de 2020, os SMAS de Sintra já tinham promovido, em conjunto com Tratolixo (empresa intermunicipal de Sintra, Cascais, Oeiras e Mafra), o projeto de compostagem “Faça mais, para fazermos melhor”, atribuindo gratuitamente 300 compostores domésticos.