Sociedade 5.0 em debate na conferência anual do BCSD Portugal

Sociedade 5.0 em debate na conferência anual do BCSD Portugal

No próximo dia 25 de março, no auditório da EDP, realiza-se a Conferência Anual do BCSD Portugal. Intitulada “Society 5.0: The Challenge of Sustainable Smart Societies”, a conferência junta vários especialistas nacionais e internacionais.

“Porque a revolução tecnológica é inevitável”, a Conferência vai reunir especialistas em diversas áreas para “refletir sobre o potencial de utilização das tecnologias 4.0 para apoiar um modelo de desenvolvimento sustentável centrado nas pessoas e no planeta”, refere o BCSD Portugal em conunicado.

Oradores da conferência incluem o ministro do Ambiente, João Pedro Matos Fernandes, a secretária de Estado para a Cidadania e Igualdade, Rosa Monteiro, o CEO da EDP e presidente do BCSD Portugal, António Mexia, a diretora de Sustentabilidade da World Wide Generation, Tauni Lanier, a especialista em alterações climáticas e diretora da Carbon Pricing Leadership Coalition do Banco Mundial, Angela Churie Kallhauge, Sogo Fujisaki, vice-presidente de CSR e da Estratégia de Desenvolvimento Sustentável da Fujitsu Limited, e Laila Pawlak, professora na Singularity University (EUA) e CEO da SingularityU Nordic.

O BCSD Portugal, associação sem fins lucrativos que integra mais de 90 empresas de referência em Portugal ativamente comprometidas com a transição para a sustentabilidade, e que no seu conjunto representam mais de 30% do PIB português, organiza segunda-feira, dia 25 de março, a sua conferência anual, este ano dedicada ao tema da Sociedade 5.0.

Sob o mote The Challenge of Sustainable Smart Societies, o BCSD Portugal desafiou um grupo de ilustres especialistas nacionais e internacionais de diversas áreas para refletir sobre a Sociedade 5.0, um conceito pioneiro lançado pelo governo japonês, e que pressupõe a utilização e aproveitamento da tecnologia em prol de uma sociedade mais sustentável e centrada no bem-estar das pessoas.

“Quisemos juntar especialistas de diversas áreas que, graças à sua visão de futuro, têm liderado movimentos de transformação nas suas organizações e na sociedade”, explica João Wengorovius Meneses, secretário geral do BCSD Portugal. A responsável acrescenta ainda que “com esta conferência, pretendemos debater e partilhar experiências de sucesso nas quais, mais do que na produtividade económica, a tecnologia é posta ao serviço da humanidade”.