SPEA desafia cidadãos a serem Embaixadores das Águias

SPEA desafia cidadãos a serem Embaixadores das Águias

Sob o mote “Seja um Embaixador das Águias”, a SPEA (Sociedade Portuguesa para o Estudo das Aves), através do projeto LIFE LxAquila, desafia cidadãos a ajudar a proteger a espécie.

Através do site – sosaguias.spea – os interessados podem fazer um juramento de bandeira, comprometendo-se a ajudar a proteger a ameaçada águia-de-bonelli, que na Área Metropolitana de Lisboa vive uma situação inusitada.

“Nesta região as águias-de-bonelli estão no limite, qualquer perturbação adicional pode ser desastrosa”, explica Joaquim Teodósio, membro da SPEA. O também coordenador do projeto apela para que “todos os cidadãos ajudem a detetar situações que ponham estas aves em perigo, e para passar a palavra sobre a importância desta espécie para o ambiente que nos rodeia”.

Como predadores, as águias ajudam a controlar populações de diversos animais, alguns dos quais podem causar problemas quando em números muito elevados, e ajudam a evitar a transmissão de doenças nas suas presas (como perdizes e coelhos) pois capturam os animais doentes. Uma das ameaças à águia-de-bonelli é a perturbação durante a época de reprodução, pois esta espécie é particularmente sensível à presença humana em redor dos ninhos.

De acordo com a SPEA, os Embaixadores das Águias comprometem-se a não divulgar a localização de ninhos, a manter a distância para não perturbar estas aves, a denunciar se detetarem algum crime contra o ambiente, e a ser embaixadores da espécie junto dos seus amigos, colegas e familiares. Premiando esta dedicação, receberão, por email, novidades dos “bastidores” do projeto, informação sobre as águias, e dicas e conselhos para salvaguardar as águias e o ambiente do qual todos dependemos.

Com a ajuda dos Embaixadores, o projeto LIFE LxAquila pretende reduzir ameaças como o uso ilegal de veneno e o risco de incêndio, zelando assim também pela saúde pública e pelo bem-estar das pessoas.

Coordenado pela SPEA e cofinanciado pelo programa LIFE da Comissão Europeia,  o projeto tem como principal objetivo a criação de uma rede de custódia composta por proprietários de terrenos privados e entidades públicas e privadas, que serão guardiões dos valores naturais da região, e em particular das águias-de-bonelli, demonstrando assim que é possível compatibilizar a conservação de predadores com as atividades humanas.

Para acompanhar de perto estas aves majestosas, o projeto disponibilizou desde fevereiro uma câmara online que transmitiu em direto desde o ninho de um dos casais de águias-de-bonelli acompanhados na região. Através desta transmissão pública, todos pudemos acompanhar o crescimento da cria, que recentemente abandonou o ninho.  Agora, o desafio é ajudar a continuar a protegê-la a ela e às suas conspecíficas, sendo Embaixador das Águias.