Startup quer trazer um novo conceito de hortas urbanas para Portugal

by Inês Gromicho | 8 Janeiro 2016 12:25

Há uma startup que ambiciona trazer para Portugal o movimento “Grow Your Own” (cultivo dos próprios alimentos) e revolucionar o conceito de hortas urbanas com a introdução de uma solução que reduz, ao mínimo, o trabalho e os pré-requisitos de instalação e manutenção, avança o Vida Económica.

A Noocity – Urban Ecology criou uma pequena caixa onde as plantas crescem com um sistema de auto-rega e auto-nutrição, tendo sido, a propósito destas ideias inovadoras, em setembro, premiada pelo IDB Bank (Banco Ibero Americano para o Desenvolvimento) como uma das 12 startups (entre mais de 200) mais disruptivas para a melhoria da qualidade de vida nas cidades.

“Queremos oferecer aos cidadãos urbanos a alternativa de criarem os próprios sistemas sustentáveis, mais parecidos com os processos cíclicos naturais, através de equipamentos eficientes e acessíveis, que permitem produzir alimentos na cidade, de forma simples e ecológica”, explicou José Ruivo, cofundador do projeto.

“Nesta fase inicial, o produto que desenvolvemos é uma cama de cultivo (vaso de grandes dimensões) para a produção de alimentos em ambiente urbano, com um sistema de sub-irrigação incorporado”, explica, ainda, cofundador. O objetivo é que este seja também o primeiro produto de uma gama capaz de criar pequenos ecossistemas. Ou seja, para além da cama de cultivo (produção), um secador solar de alimentos (processamento) e um vermicompostor (reintegração de nutrientes)”, acrescenta o empresário.

Outros ciclos, como por exemplo o da água, permanecem também na mira da Noocity.

Source URL: https://www.ambientemagazine.com/startup-quer-trazer-um-novo-conceito-de-hortas-urbanas-para-portugal/