Super Bock elimina três milhões de copos descartáveis em dois anos

Super Bock elimina três milhões de copos descartáveis em dois anos

A Super Bock é pioneira no uso de copos reutilizáveis em fenómenos de massas em Portugal, quando os introduziu nos Festivais de Música em junho de 2016 e, em apenas dois anos, a marca conseguiu eliminar três milhões de copos descartáveis dos grandes eventos onde está presente.

Para além dos Festivais de Música, Super Bock também adotou esta boa prática ambiental, pela primeira vez, nas Festas de Lisboa, em 2017, disponibilizando-os na cerimónia de abertura, de encerramento e na passagem-de-ano, e este ano ao colocá-los nas Queimas das Fitas de Coimbra e do Porto.

Segundo os responsáveis desta marca, “os copos “amigos do ambiente” da Super Bock são um gesto simples para o consumidor com claros benefícios ambientais, mas também económicos. São, de facto, uma alternativa sustentável aos descartáveis, pelo contributo para a diminuição significativa destes resíduos nos eventos que juntam milhares de pessoas e para as quantidades enviadas para reciclagem, já que podem ser usados, lavados e reutilizados, sempre com a garantia de qualidade e da melhor experiência de consumo”.

Regressam já hoje aos Festivais de Música com o arranque do NOS Primavera Sound e seguem depois para os outros festivais onde a marca está presente, nomeadamente o Super Bock Super Rock, Rock in Rio-Lisboa e Meo Sudoeste.

A marca está a desenvolver um projeto piloto em parceria com a Câmara Municipal de Lisboa, para avaliar a sua adaptabilidade em bares e restantes pontos de venda da cidade. É ainda em Lisboa, mais precisamente no Arraial de Santa Catarina, que também se encontram os copos reutilizáveis da Super Bock, disponíveis para as várias bebidas do grupo.

A marca do Super Bock Group tem um histórico de colaboração com a comunidade, autarquias e parceiros de negócio, na procura de melhores soluções, também na área ambiental. A adoção das melhores práticas está presente, de forma consistente, em toda a atividade da empresa, lê-se no comunicado.