Telemóvel terá rede em todo o Gerês

Telemóvel terá rede em todo o Gerês

Os 70 mil hectares do Parque Nacional da Peneda-Gerês serão totalmente cobertos por rede de telemóvel até ao próximo verão, noticia hoje o Jornal de Notícias.

Hoje há muitas zonas do território sem cobertura, o que dificulta o pedido de ajuda de visitantes, que, com alguma frequência, se perdem na imensidão. O alerta em caso de incêndio também será mais expedito com a expansão da rede e com a criação de dez equipas de sapadores florestais.

A ambição do Ministério do Ambiente é evitar que se repita a destruição ocorrida no último verão, em que as chamas consumiram 6000 hectares do parque nacional, afetando em particular o Mezio e o Ramiscal.

Para recuperar as matas abocanhadas pelos fogos e ter uma ação mais célere na deteção de pequenos focos de incêndio e evitar que se agigantem, foi traçado um plano-piloto para a Peneda-Gerês, com 8,5 milhões de euros para investir até 2015.

O Instituto de Conservação da Natureza e Floresta já está a elaborar os projetos de restauro das áreas ardidas e de prevenção contra eventuais incêndios.

A secretaria de Estado do Ordenamento do Território, Célia Ramos, garante que serão contratados 50 sapadores florestais no primeiro trimestre de 2017 a termo e por um período de três anos, agrupando-os em dez equipas de cinco elementos.

“Estas equipas serão as primeiras a alertar quando há fogo e a fazer a primeira intervenção” para impedir que um fogacho se converta num fogo de maiores proporções. Aqui a disponibilidade de rede nos telemóveis, será essencial.