“Temos um défice de eletricidade no México”

“Temos um défice de eletricidade no México”

Categoria Ambiente, Energia

O secretário-geral do Sindicato Mexicano dos Eletricistas (SME) explica ao Negócios que, nos próximos 20 anos, o país tem de atingir 32% a 35% da sua energia renovável. Hoje não vai além dos 2%.
Martín Esparza Flores refere que “temos um défice de eletricidade no país. Temos duas centrais a funcionar que são as de maior capacidade de produção de energia. As outras vão ser objeto de investimento de reabilitação”. O responsável adianta que hoje, 98% da população conta com energia elétrica. “Nos próximos 20 anos, no México, tem de haver 32% a 35% de energia renovável. Hoje são 2%, do qual 80% são gás”.
No que se refere ao tratamento na área dos resíduos, o responsável indica que a recolha de lixo é um tema importante no México, onde não há um processo de tratamento dos resíduos, nem processos que permitam utilizar os resíduos da agricultura ou materiais para construção e gerar eletricidade.