Torres Vedras junta-se à Reflorestação Nacional com várias atividades

Torres Vedras junta-se à Reflorestação Nacional com várias atividades

O município de Torres Vedras associou-se à 12.ª edição da Reflorestação Nacional, que decorreu entre 15 de novembro e 3 de dezembro. Cedência de árvores, ações de arborização, workshops e visitas guiadas foram algumas das atividades que deram forma à iniciativa, em que participaram cerca de 1.789 cidadãos e entidades do concelho.

Segundo uma nota divulgada pelo município, durante este período, os Viveiros Municipais cederam 10.534 árvores e arbustos autóctones a 559 munícipes e outras entidades. No dia 21 de novembro, o espaço esteve aberto à população e acolheu um conjunto de iniciativas, nomeadamente uma aula de Yoga, um workshop, duas visitas guiadas e uma Merenda do Acordeão.  Os alunos de duas turmas de 1º ciclo da Escola Básica de Torres Vedras e da Escola Básica Conquinha participaram, também, em visitas lúdico-pedagógicas aos Viveiros Municipais, nos dias 22 e 29 de novembro.

As ações de plantação de árvores em propriedades municipais e das juntas de freguesia decorreram junto ao Canil Municipal, na Serra do Socorro, na Serra de São Julião e na Urbanização Varandas de Arenes, tendo sido plantadas cerca de 5.500 árvores. Na Escola Profissional Agrícola Fernando Barros Leal, na Escola Padre Vítor Melícias, na Escola 2, 3 Gaspar Campello, na Escola de São Gonçalo e na Escola Secundária Madeira Torres também foram realizadas ações de arborização, que resultaram na plantação de 260 árvores.

No âmbito da 12.ª edição da Reflorestação Nacional, foram ainda dinamizados os workshops “Plantas para Polinizadores” e “Composição musical e criação multidisciplinar – Projeto Everysound”.

A iniciativa insere-se no Movimento Plantar Portugal e celebra, anualmente, o Dia da Floresta Autóctone. Em causa estão florestas compostas por árvores originárias do próprio território.