TOSCCA abre portas de novas instalações um ano após os incêndios de 2017

TOSCCA abre portas de novas instalações um ano após os incêndios de 2017

Categoria Advisor, Empresas

A “nova” TOSCCA, que recebeu hoje a visita do Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, teve um investimento aproximado de 11 milhões de euros. Um ano após os fogos, a empresa já faturou cerca de 6 milhões de euros.

A TOSCCA – Equipamentos em madeira, Lda., empresa certificada que fabrica e comercializa produtos e soluções de vanguarda para outdoor no setor da madeira, recebeu ontem a visita do Presidente da República nas suas novas instalações, após ter ardido integralmente nos fogos de outubro de 2017.

Há precisamente um ano atrás, Pedro Pinhão, o seu sócio-fundador, garantiu que dentro de um ano a fábrica estaria de novo 100% recomposta e a funcionar dentro da normalidade. Após prejuízos avaliados em 10,2 milhões de euros, o investimento da nova fábrica rondou os 11 milhões de euros, incluindo fundos próprios, o recurso a indemnizações e o apoio do REPOR – Sistema de Apoio à Reposição da Competitividade e Capacidades Produtivas, no valor de 6 milhões de euros.

A nova unidade fabril, cuja finalização das obras está programada até ao final do ano, conta com quatro grandes pavilhões – de respetivamente 8200 m2, 7000 m2, 1600 m2 e 160 m2.

Para Pedro Pinhão, sócio-fundador da TOSCCA, “o futuro é sem dúvida positivo porque apesar de todas as adversidades temos crescido de forma sustentada. Atingimos um volume de negócios superior a 8 milhões de euros em 2017 e atualmente, a 3 meses do ano terminar, contamos com um volume de negócios de 6 milhões de euros. Ambicionamos chegar aos 10 milhões de euros até 2020, e estamos a trabalhar nesse sentido”.