UE investe 263 milhões em infraestruturas de energia

UE investe 263 milhões em infraestruturas de energia

Os Estados Membros da União Europeia (UE) chegaram hoje a acordo quanto à proposta da Comissão Europeia de investir 263 milhões de euros em importantes projetos europeus de infraestruturas energéticas. A grande parte deste investimento servirá para apoiar a construção de infraestruturas de gás na região do Mar Báltico bem como o setor da eletricidade na Europa, revela a Comissão, em comunicado.

Foram selecionados nove projetos após um convite para apresentação de propostas no âmbito do programa de financiamento da UE designado por CEF – Connecting Europe Facility. Os projetos prioritários selecionados pretendem aumentar a segurança energética, ligar os Estados Membros da UE isolados a uma rede europeia mais vasta e contribuir para os objetios da União Energética de energia acessível, segura e sustentável.

O Comissário Europeu para a Ação Climática e Energia, Miguel Arias Cañete, afirma que “as infraestruturas de energia com boas ligações são essenciais para alcançar a União Energética. Este apoio da UE vai ajudar a preencher as lacunas existentes em termos de infraestruturas energéticas, colocando-nos no caminho de um mercado energético europeu verdadeiramente interligado. Isto é necessário para reforçar a segurança do fornecimento de energia e um uso mais eficiente dos recursos energéticos e a integração de renováveis na rede”.

Com um total de 800 milhões de euros disponíveis para subsídios no âmbito do CEF, o segundo convite à apresentação de propostas em 2016, com um orçamento indicativo de 600 milhões de euros, já está a decorrer e terminará a 8 de novembro.

Com o CEF, foram distribuídos 5,35 mil milhões de euros a infraestruturas de energia trans-europeias no período de 2014-2020.