UE reforça ajuda à Etiópia perante o agravamento da seca

UE reforça ajuda à Etiópia perante o agravamento da seca

Categoria Águas, Ambiente

A Comissão Europeia anuncia uma verba de 122,5 milhões de euros para ajudar a Etiópia a fazer face à deterioração da situação humanitária provocada pelas condições meteorológicas extremas associadas ao fenómeno El Niño.

A Comissão Europeia anunciou hoje uma ajuda de 122,5 milhões de euros à Etiópia para satisfazer as necessidades imediatas das populações afetadas pela degradação da situação humanitária causada por El Niño, um dos fenómenos meteorológicas mais graves e extremos de que há memória. Este novo apoio visa combinar a resposta humanitária e o apoio rápido à recuperação com iniciativas destinadas a atacar as causas profundas da fragilidade e vulnerabilidade.

O Comissário Europeu responsável pela Ajuda Humanitária e Gestão de Crises, Christos Stylianides declarou: «Com mais de 10 milhões de pessoas atualmente com dificuldades em encontrar alimentos, a situação humanitária é muito preocupante. A UE está a tomar medidas, este novo apoio permitir-nos-á intensificar os nossos esforços para ajudar as poipulações mais vulneráveis na Etiópia.»

O Comissário Europeu responsável pela Cooperação Internacional e Desenvolvimento, Neven Mimica, declarou também: «O nosso apoio pretende combinar intervenções a curto prazo destinadas a salvar vidas com ações de reforço da resiliência da Etiópia, abordando as causas profundas da sua fragilidade e vulnerabilidade. Podemos tirar partido dos resultados positivos alcançados pela Etiópia no passado, que já intensificou os seus esforços para fazer face à crise da seca.»

Os Comissários Neven Mimica e Christos Stylianides estão atualmente na Etiópia, no âmbito da Conferência dos dois Colégios (C2C) que se realiza em Adis Abeba, em que se reúnem Comissários da União Europeia e da União Africana. Os Comissários Neven Mimica e Christos Stylianides, juntamente com o Vice-Presidente responsável pelo Euro e o diálogo social, Valdis Dombrovskis, e a Comissária para o Emprego, Assuntos Sociais, Competências e Mobilidade Laboral, Marianne Thyssen, visitaram hoje uma das zonas mais afetadas na Etiópia, Dire Dawa, para avaliar a situação humanitária.