Vila Nova de Gaia desculpabiliza lixo: “Culpado é quem o abandona”

Vila Nova de Gaia desculpabiliza lixo: “Culpado é quem o abandona”

No âmbito da parceria existente entre a Câmara Municipal e a SUMA, vai realizar-se, no município de Vila Nova de Gaia, uma ação de sensibilização ambiental com o intuito de incitar os munícipes a refletir sobre as suas práticas diárias no que à gestão dos resíduos concerne.

A campanha arrancou no dia 10 de dezembro e prolongar-se-á até ao final do ano letivo. Será desenvolvida em sala de aula, nos jardins-de-infância e nos estabelecimentos do 1.º ciclo do ensino básico do concelho.

Depositar incorretamente os resíduos indiferenciados (não respeitando horários, locais de deposição ou modo de utilização de contentores), desvalorizar os resíduos recicláveis (não encaminhando para o ecoponto ou ecocentro), efetuar o descarte ilegal de resíduos especiais (como os volumosos, os verdes, os de construção e demolição ou os resíduos de equipamentos elétricos e eletrónicos), abandonar pequenos lixos pela via pública (como os dejetos caninos, as pastilhas elásticas e as pontas de cigarro) e largar resíduos perigosos em locais inadequados (como pilhas, baterias, óleos alimentares usados, resíduos de embalagens de produtos tóxicos), são algumas das problemáticas abordadas.

Esta temática será ainda divulgada através de mupis, reforçando que a prática da cidadania ativa é uma responsabilidade de todos e que “O lixo não é culpado. Culpado é quem o abandona”, identificando-se o produtor de resíduos, e cada um de nós, nesse papel, como o verdadeiro transgressor.