Voluntários da Corticeira Amorim plantam 2000 sobreiros em Ponte de Sor

Voluntários da Corticeira Amorim plantam 2000 sobreiros em Ponte de Sor

Os colaboradores da Corticeira Amorim juntam-se no próximo sábado, dia 17 de novembro, a representantes da Quercus e da Junta de Freguesia de Galveias, para a plantação de cerca de 2000 sobreiros. A iniciativa será realizada numa herdade da Junta de Freguesia de Galveias, o Monte da Torre.

As iniciativas de reflorestação dinamizadas por voluntários da Corticeira Amorim começaram em 2011, sendo que – depois do próximo sábado – serão responsáveis pela plantação de aproximadamente 20.500 árvores autóctones, com especial preponderância de sobreiros.

A plantação volta a incidir na região do Alentejo, uma das áreas do país com maior mancha de florestas de sobro.

Árvore nacional de Portugal desde 2011, o sobreiro é a principal espécie autóctone do país, destacando-se por ser uma espécie perfeitamente adaptada às condições de clima e de solo de Portugal e uma espécie prioritária no combate às alterações climáticas.

De entre inúmeros benefícios ambientais, as florestas de sobro funcionam como sumidouros biológicos de CO2. Dado o seu crescimento lento – com um ciclo de vida que por vezes ultrapassa os 200 anos – os sobreiros têm um papel relevante na retenção de dióxido de carbono, característica que se estende também aos produtos de cortiça e que se prolonga com a sua reciclagem.

A plantação de sobreiros é apoiada pelo projeto Green Cork, da Quercus, do qual a Corticeira Amorim é parceira, desde a sua génese, através do programa de reciclagem de rolhas Green Cork, que reverte na totalidade para o financiamento da preservação da floresta autóctone portuguesa.