Vulcano cria nova ferramenta para ajudar à utilização da nova diretiva ErP

Vulcano cria nova ferramenta para ajudar à utilização da nova diretiva ErP

Categoria Ambiente, Energia

A Vulcano, marca portuguesa líder em Soluções de Água Quente e Solar Térmico, em resposta às novas exigências do mercado, com a entrada em vigor da nova Diretiva Energética (ErP) a 26 de setembro de 2015, está a reforçar o apoio aos seus clientes e parceiros,  com uma nova ferramenta, a Vulcano Assistente ErP – impressão de etiquetas e software de cálculo de eficiência e de sistemas.

A nova Diretiva Energética, ErP, define os requisitos mínimos, em matéria de eficiência energética, emissões NOx e nível sonoro para equipamentos relacionados com energia. O foco na eficiência energética irá descontinuar gradualmente alguns produtos e equipamentos que obrigam à procura de soluções com melhores retornos ao nível da poupança energética e do consumo. A etiquetagem energética, em tudo idêntica às já utilizadas nos eletrodomésticos, é, assim, “obrigatória e essencial para os consumidores poderem fazer escolhas mais acertadas, contendo informações sobre a eficiência energética”, salienta a Vulcano em comunicado.

A Vulcano Assistente ErP permite, à distância de alguns cliques, fazer o cálculo da classe de eficiência energética pertencente a determinada instalação de aquecimento, bem como imprime etiquetas e os documentos necessários ao cumprimento das disposições da nova Diretiva Europeia. O instalador pode aceder ao software a partir do seu PC, tablet ou smartphone, entrando na área profissional do website www.vulcano.PT.

Outra das funções apresentadas é a de pesquisa, que permite, de forma prática, aceder a uma listagem de correspondências a partir das quais pode escolher o produto ou sistema certo. Existe também a possibilidade de pesquisa através da família de produtos na etiqueta de sistema. Por exemplo se escolher a opção “Solar” surge uma listagem de módulos solares correspondentes.

No final da configuração da nova instalação de aquecimento, as etiquetas de sistemas e os documentos podem ser transferidos como PDF, enviados por e-mail ou impressos.

Os requisitos exigidos pela União Europeia serão cada vez mais rigorosos nos próximos anos e apenas os produtos que cumpram com a Diretiva ErP obterão a marcação do produto com CE. Esta é, assim, “uma forte razão para a Vulcano apoiar os seus parceiros e consumidores a estarem bem informados para fazerem as escolhas certas”, explica em nota. “É chegado o momento de afirmar solidamente a Inteligência Verde – garantia de eficiência energética, poupança e confiança para os parceiros e consumidores da Vulcano”, concluiu.