Captar água bruta vai passar a pagar taxa em Angola

Captar água bruta vai passar a pagar taxa em Angola

Categoria Águas, Ambiente

As empresas que captam água bruta nos rios de Angola vão passar a pagar uma taxa sobre essas operações, anunciou hoje o Instituto de Recursos Hídricos (INRH) do país. A medida foi anunciada pelo diretor-geral do INRH, Manuel Quintino, durante um seminário de divulgação do manual de procedimentos para a execução de títulos de utilização dos recursos hídricos, de acordo com a Lusa. O responsável referiu que o objetivo desta medida, que já foi alvo de um estudo, é obter um maior controlo sobre as grandes empresas que fazem a captação de água bruta a custo zero.
Manuel Quintino disse que as grandes empresas devem realizar já o seu registo no Ministério da Energia e Águas e no INRH, com vista a comunicar o volume de água utilizado e qual o custo aproximado a pagar. Segundo o responsável, as receitas arrecadadas com essa cobrança vão permitir ao Estado realizar novos investimentos no setor das águas, em particular nos recursos hídricos. Tornar mais responsável, racional e equilibrado o consumo da água bruta é outro dos objetivos dessa cobrança, avançou Manuel Quintino, citado hoje pela agência noticiosa angolana.