Comissão seleciona três cidades portuguesas para serem neutras e inteligentes até 2030

Comissão seleciona três cidades portuguesas para serem neutras e inteligentes até 2030

Guimarães, Porto e Lisboa são três das 100 cidades eleitas pela Comissão Europeia para participar na “Missão Cidades”, uma iniciativa da União Europeia que visa promover cidades neutras e inteligentes até 2030. Estas 100 cidades, anunciadas esta quinta-feira, 28 de abril, vão estar associadas ao Horizonte Europa, o programa de investigação e inovação da UE.

Segundo dados da UE, 75% dos cidadãos vivem em áreas urbanas, sendo a cidades as maiores consumidores de energia (65%), ao nível global, e responsáveis ​​por mais 70% das emissões de CO2. Com base netas realidade, a “Missão Cidades” surge para que estas 100 cidades sirvam de exemplo para outras no rumo à neutralidade até 2050.

“A transição ecológica está a chegar à Europa (…). Estas cidades vão abrir o caminho para um futuro mais sustentável, pelo que podem, desde já, contar com o nosso apoio. Ponhamos mãos à obra hoje mesmo”, declara Ursula von der Leyen, presidente da Comissão, citada num comunicado.

Entre 2022 e 2023, a “Missão Cidades” vai receber 360 milhões de euros do Horizonte Europa, para que estas 100 cidades possam começar a pôr em prática projetos inovadores rumo à neutralidade climática até 2030. As ações de investigação e inovação concentram-se nos setores da mobilidade elétrica, energia e planeamento urbano ecológico, possibilitando o desenvolvimento de iniciativas conjuntas e reforço de exercícios da sinergia com outros programas da UE.

De acordo com a CE, estas 100 cidades vão ainda beneficiar de aconselhamento e apoio específico, através de uma plataforma específica gerida pela NetZeroCities, de oportunidades de financiamento adicionais. A “Missão Cidades” abre também novas oportunidades em matéria de conexão em rede, intercâmbio das práticas entre cidades e apoio à mobilização dos cidadãos.

Fonte: Comissão Europeia