Concurso deserto compromete recolha de lixo de cerca de 70 mil pessoas

Concurso deserto compromete recolha de lixo de cerca de 70 mil pessoas

Categoria Ambiente, Resíduos

Os municípios de Vagos, Albergaria-a-Velha e Oliveira do Bairro, no distrito de Aveiro, estão, desde o início do ano, à procura de uma empresa que assegure a recolha de resíduos urbanos e a limpeza urbana. Em causa está a recolha de lixo nos próximos tempos, quer das empresas quer dos municípios, quer dos cerca de 70 mil habitantes. Segundo um documento a que o i teve acesso, no concurso público internacional aberto em fevereiro deste ano, nenhuma das 11 empresas concorrentes preencheu os requisitos dos três municípios e, por isso, não foi adjudicada nenhuma das propostas para assegurar o serviço nos próximos oito anos.

Este concurso foi aberto depois de, a 15 de novembro de 2019, o contrato celebrado em 2015 com a Luságua ter sido rescindido por mútuo acordo entre a empresa e as câmaras municipais. A Luságua ficou, no entanto, a assegurar que a recolha de lixo continuava a ser feita até o concurso público internacional estar concluído.

O valor-base proposto pelos municípios foi de cerca de quatro milhões e meio de euros, mas algumas empresas apresentavam valores superiores a sete milhões de euros. Este ano, o concurso internacional aberto em fevereiro apresentou um valor-base de 35,31 euros por cada tonelada de lixo recolhida – mais de 17,31 euros do que concurso de 2015.