EDP diz que entendimento do regulador da energia sobre a tarifa social é “abusivo”

EDP diz que entendimento do regulador da energia sobre a tarifa social é “abusivo”

Categoria Ambiente, Energia

São da EDP Comercial cerca de 80 mil dos 100 mil clientes que o grupo EDP tem na tarifa social, revelou ontem, num encontro com jornalistas, o presidente da empresa, Miguel Stilwell de Andrade. Segundo o Público, o administrador executivo do grupo EDP, afirmou que a empresa é a “grande impulsionadora” da tarifa social no mercado português, tendo investido no ano passado 400 mil euros na promoção deste benefício para clientes economicamente vulneráveis.

 “Se mantivermos este ritmo, vamos chegar perto dos 200 mil, 150 mil (no final do ano)”, disse o gestor, que não hesitou em classificar como “abusivo” o entendimento do regulador da energia (a ERSE) de que foi a investigação aberta contra a EDP no ano passado (por suspeitas de bloquear o acesso à tarifa) que levou a empresa a acelerar no número de descontos atribuídos. “O que foi decisivo foi tornar a tarifa social mais fácil para os clientes; foi a alteração das portarias (em Janeiro de 2015 os clientes passaram a poder declarar-se elegíveis para receber os descontos) que permitiu dinamizar a tarifa social”, afirmou. Considerando o processo da ERSE “desproporcionado” (a entidade reguladora aplicou à empresa uma coima de 7,5 milhões de euros), Stilwell de Andrade lembrou que estes diplomas foram publicados a 29 de dezembro, para entrar em vigor a 1 de janeiro.