Informação e educação ambiental são aposta da Águas do Algarve

Informação e educação ambiental são aposta da Águas do Algarve

Ao longo dos 21 anos, celebrados este ano, a Águas do Algarve tem contribuído de forma decisiva na construção e desenvolvimento da estratégia nacional para a sustentabilidade ambiental e da economia circular: “Temos um Contrato de Concessão  que outorga a Exploração e a Gestão do Sistema Multimunicipal de Abastecimento de Água e de Saneamento do Algarve até 2048”, afirma António Eusébio, presidente da Águas do Algarve.

A missão da Águas do Algarve passa, assim, por garantir o abastecimento de água para consumo humano e o tratamento de águas residuais de acordo com os mais elevados padrões de qualidade e fiabilidade: “A água é um recurso natural de valor incalculável e essencial para a sobrevivência de qualquer ser vivo. E facto de ser um recurso escasso e limitado, é merecedor de toda a nossa atenção e respeito”. Por este motivo, e a par da atividade na região algarvia, não descuram a importância da comunicação que “objetiva a valorização da nossa atividade” através de numa “forte componente informativa e de educação ambientalmente sustentável em benefício das atuais e das futuras gerações”, precisa o presidente da empresa.

Como já é do conhecimento de todos, a água, muito devido às alterações climáticas começa a ser um recurso cada vez mais escasso e, por isso, os investimentos que têm sido feitos na região são contínuos ao longo dos anos e nos termos previstos nos contratos de concessão. Neste momento, tal com indica o engenheiro António Eusébio, estão a ser implementados um conjunto de novos investimentos: “Englobados no Plano de Eficiência Hídrica da região, com valor estimado acima dos 140 milhões de euros, são investimentos que nos permitam ter, até 2026, um sistema mais robusto, que garanta o fornecimento de água contínuo em quantidade e qualidade a toda a população algarvia e a todos os milhares daqueles que anualmente nos visitam”.

O Dia Nacional da Água é assinalado no dia 1 de outubro, mas a Águas do Algarve preocupa-se em comemorar a efeméride de forma contínua, apostando, de forma relevante, na educação ambiental: “É uma componente que complementa a nossa atividade na região, através de uma comunicação assertiva que se dirige a todos os segmentos e faixas etárias da população, desenvolvendo-se ações ao longo de todo o ano”. Por isso, temas como a “água” a “sustentabilidade dos Recursos Naturais” ou a “garantia de um futuro sustentável” é algo que está intrínseco na empresa: “Para nós, é de importância tal que consideramos não dever ser apenas celebrada nos dias especiais, mas de forma contínua e integrada”. Ainda assim, a data não deixa de ser assinalada pela Águas do Algarve: “Celebramos com a região, realçando a importância deste recurso, cujo valor é muitas vezes esquecido pelos consumidores. É exemplo disso o envolvimento da imprensa com a nossa atividade diária, a apresentação dos resultados do Concurso de Fotografia Ambiental em curso, entre outras atividades que serão apresentadas”, refere.

Como mensagem final, António Eusébio lembra da importância de se agir atempadamente: “O setor da Água enfrenta talvez o maior desafio do século. No Algarve temos acompanhando esta situação com a devida preocupação. Temos vindo a efetuar um conjunto vasto de investimentos, e outros mais que se aproximam, de grande envergadura, de forma a que o nosso sistema seja mais resiliente e mais robusto, com capacidade de atender a todos os utilizadores que dele dependem, não apenas consumo humano, como também o setor do turismo entre outros, e com a garantia de um futuro sustentável”.