Vai ser mais barato exportar equipamentos das renováveis

Categoria Ambiente, Energia

15 entidades certificadoras, incluindo a portuguesa CERTIF, assinaram ontem um acordo internacional para facilitar o comércio de equipamentos para o sector das energias renováveis. Assim sendo, a partir de 2015 os custos para a exportação de painéis fotovoltaicos, turbinas e geradores eólicos e marítimos e de inversores e conversores, entre outros equipamentos para a produção de energias renováveis será menor.   A certificação obtida junto de uma destas 15 entidades, que ontem, nos Estados Unidos da América, assinaram este acordo, é válida em todo o mundo, acabando, assim, com a necessidade das empresas de repetir o processo e os custos para cada país para onde quisessem exportar.   De acordo com o Jornal de Negócios, além de baixar custos e reduzir burocracias para as empresas, esta é uma certificação e um selo que ajuda a vender no estrangeiro, já que é uma garantia maior para os compradores, da conformidade e compatibilidade de ligação entre sistemas.