Acordo sobre alterações climáticas em vigor amanhã

Acordo sobre alterações climáticas em vigor amanhã

O histórico acordo de Paris sobre alterações climáticas, alcançado em dezembro de 2015, entra em vigor amanhã depois da ratificação por países que representam mais de 55% das emissões globais de gás com efeito de estufa (GEE), indica o Negócios de hoje.

O documento, adoptado a 21 de dezembro do ano anterior, na Conferência da ONU sobre o clima (COP21) na capital francesa, vai entrar em vigor quatro anos antes do prazo limite de 2020 e a cada cinco anos, os signatários deverão rever as contribuições para o combate às alterações climáticas.

A China, com 20% das emissões e os Estados Unidos, com 18% ratificaram o acordo no início de setembro. A UE, responsável por 12% das emissões, ratificou o documento a 30 de setembro. Até 4 de outubro, apenas sete dos 28 estados membros tinham completado o processo de ratificação: Portugal, Alemanha, Áustria, Eslováquia, França, Hungria e Malta.

O documento entrará em vigor antes da COP22, que vai iniciar-se no dia 7 e terminar a 18 de novembro, em Marraquexe (Marrocos).