ABB incentiva adoção de motores e drives de alta eficiência para combater alterações climáticas

ABB incentiva adoção de motores e drives de alta eficiência para combater alterações climáticas

Categoria Advisor, Empresas

Num novo artigo técnico publicado esta terça-feira, a ABB revela o potencial para melhorias significativas de eficiência energética na indústria e infraestrutura habilitadas pelos mais recentes motores e drives de alta eficiência. A empresa de tecnologias de energia e automação apela, em comunicado, aos governos e à indústria para acelerar a adoção da tecnologia na ajuda ao combate das alterações climáticas.

Segundo a ABB, “os motores elétricos e os drives” impulsionam uma “vasta gama de aplicações” fundamentais para o estilo de vida moderno, desde “bombas industriais, ventiladores e transportadores, sistemas de propulsão para transporte a compressores para aplicações elétricas e sistemas de aquecimento, ventilação e ar condicionado em edifícios”.

Embora, na última década, se tenha registado um avanço rápido nas tecnologias de motores e drives com inovadores projetos a entregar níveis notáveis de ​​eficiências energética, a ABB declara que existe ainda “um número significativo de sistemas movidos com motores elétricos industriais em operação” que são “ineficientes ou consomem muito mais energia do que o necessário”, resultando num enorme desperdício de energia. Pesquisas independentes estimam que, “se esses sistemas fossem substituídos por equipamentos otimizados de alta eficiência”, os benefícios podem traduzir-se numa “redução de consumo global de eletricidade em até 10%”, lê-se no comunicado.

Para Morten Wierod, presidente da ABB Motion, “a eficiência energética industrial, mais do que qualquer outro desafio, tem a maior capacidade individual de combate à atual emergência climática. Trata-se essencialmente de uma solução climática invisível”. Para a ABB, “o maior impacto que podemos ter na redução das emissões de gases de efeito estufa é por meio de nossas tecnologias de ponta, que reduzem o uso de energia na indústria, edifícios e transportes”, acrescenta.

De acordo com a ABB, as políticas regulatórias estão entre os principais impulsionadores do investimento industrial em eficiência energética em todo o mundo. Para tirar partido das tremendas oportunidades oferecidas por drives e motores de eficiência energética na redução das emissões de gases de efeito estufa, a ABB defende que todas as partes interessadas têm um papel crítico a desempenhar:

  • Os decisores públicos e reguladores do governo precisam de incentivar a sua rápida adoção;
  • Empresas, cidades e países precisam de estar cientes da economia de custos e das vantagens ambientais e estar dispostos a fazer o investimento;
  • Os investidores precisam de realocar capital para empresas melhor preparadas para enfrentar o risco climático.