Accor compromete-se a eliminar plásticos de uso único até 2022

Accor compromete-se a eliminar plásticos de uso único até 2022

Categoria Advisor, Empresas

A Accor anunciou recentemente que assumiu o compromisso de unir-se à Iniciativa Mundial sobre Turismo e Plásticos da ONU e eliminar todos os artigos de plástico de uso único da experiência dos hóspedes dos seus hotéis até ao final de 2022. Esta ação da Accor para reduzir os impactos ambientais e reforçar os esforços para combater a poluição com plástico nos oceanos e noutros ambientes naturais é um passo muito importante para a indústria hoteleira global e para o Grupo, que há muitos anos tem um compromisso com a sustentabilidade.

“Estamos conscientes do impacto significativo que temos no nosso planeta, bem como da nossa responsabilidade de criar benefícios tangíveis para os nossos colaboradores, hóspedes, fornecedores, parceiros e comunidades”, disse Sébastien Bazin, presidente e CEO da Accor. “O que nos guia é a responsabilidade e a consciência social que mobiliza todas as pessoas que procuram ser bons cidadãos. Trata-se de estar atento, socialmente consciente e atuar de forma consistente.”

Com mais de 120 milhões de hóspedes e mais de 200 milhões de refeições servidas por ano, o grupo Accor leva a sério o seu papel de cidadania corporativa responsável. Nos últimos 25 anos, a atividade da Accor tem estado enquadrada no seu programa de desenvolvimento sustentável. Além do compromisso anterior do Grupo de eliminar todos as palhinhas de plástico, agitadores de bebidas e cotonetes, o novo compromisso hoje anunciado inclui a eliminação de copos e amenities de higiene pessoal de plástico de uso único até ao final de 2020, bem como a eliminação de todos os restantes artigos de plástico descartáveis de quartos, áreas de reuniões, restaurantes e de todas as áreas de atividades e lazer (spas, ginásios etc.) até ao final de 2022.

Os plásticos de uso único caracterizam-se como artigos descartáveis que são usados apenas uma vez e depois deitados fora. Entre os exemplos incluem-se palhinhas de plástico, cotonetes, agitadores de café, copos de plástico, sacos de plástico para roupa ou almofadas extra, garrafas de água de plástico, todas as embalagens de plástico (para alimentos, artigos de boas-vindas etc.), pratos e talheres de plástico, amenities de plástico (produtos de higiene pessoal, chinelos, lápis, etc.), e cartões-chave de plástico. Serão propostas alternativas adequadas ao plástico para cada artigo específico, tendo em consideração as Avaliações do Ciclo de Vida para garantir o melhor desempenho ambiental possível de cada solução proposta nos hotéis do Grupo.

Com mais de 200 milhões de objetos de plástico descartáveis usados a cada ano em todas as áreas, os hotéis já estão a reduzir significativamente o seu impacto. Muitos já implementaram soluções efetivas através de escolhas alternativas mais sustentáveis. Por exemplo:
– 94% dos hotéis Accor eliminaram o uso de palhinhas, cotonetes e agitadores de bebidas. Os restantes 6% (principalmente na China) deverão implementar esta medida até ao final de março de 2020;
– 89% dos hotéis ibis, o equivalente a 2087 hotéis, já usam dispensadores. Os hotéis da família ibis na América Latina vão introduzir a mesma iniciativa este ano;
– Outro exemplo dos esforços das marcas do Grupo é a utilização de novos padrões de construção e renovação na cadeia Fairmont. Os hotéis desta marca dispõem de torneiras de filtragem de água nos quartos para eliminar completamente a utilização de água engarrafada;
– Greet, a nova marca do Grupo, vai ainda mais longe. Criada para responder às necessidades dos clientes, a Greet tem no seu ADN ser uma marca livre de plástico. Não há plástico descartável no café da manhã e os pratos da manteiga e da compota são reutilizáveis. Além disso, também não há plástico descartável nos quartos, nem noutras partes dos hotéis. A Accor planeia abrir mais 10 hotéis Greet na Europa este ano.

Paralelamente, várias unidades hoteleiras de marcas líderes mundiais pertencentes ao portfólio do Grupo Accor – como o Novotel Yangon Max, Myanmar, o Sofitel Bogota, vários hotéis em Bali e Lombok, Indonésia, ou o ibis Styles São Paulo Anhem – já tomaram medidas individuais para atingir o objetivo de serem 100% livres de plásticos de uso único.

Um dos principais objetivos do Grupo Accor, além de encontrar alternativas ao plástico e reduzir os impactos ambientais, é contribuir para a mudança positiva de mentalidades a nível global, através da lógica “3R”: reduzir, reutilizar e reciclar. A sede do Grupo vai liderar o progresso das melhores práticas e os hotéis vão implementar as suas próprias iniciativas e soluções locais junto dos seus hóspedes.

A Iniciativa Mundial sobre Turismo e Plásticos, liderada pelo Programa das Nações Unidas para o Meio Ambiente e pela Organização Mundial do Turismo, em colaboração com a Fundação Ellen MacArthur, define as fronteiras da luta contra a poluição e os resíduos plásticos. Governos e empresas, como a Accor, comprometem-se com um conjunto de metas ambiciosas. O Grupo Accor vai trabalhar para atingir o seu objetivo de eliminar os artigos de plástico que não são necessários; contribuir, através da inovação, para que todos os plásticos necessários sejam projetados para serem reutilizados, reciclados ou alvo de compostagem, de forma segura; contribuir para que todos os artigos sejam reutilizados em economia circular e mantidos fora do ambiente. Em setembro de 2019, a Accor Holanda já deu um passo em frente ao assinar o Pacto Internacional do Plástico no Turismo, liderado pela MVO Netherlands e, assim, iniciar o caminho para tornar-se o mais rapidamente possível um signatário da referida iniciativa, para a qual deve ser apresentado um compromisso detalhado.

“A poluição pelo plástico é um dos principais desafios ambientais da nossa época, e o turismo tem um papel importante para contribuir para uma solução”, disse a diretora da Divisão de Economia do Programa Ambiental da ONU, Ligia Noronha. “Através da Iniciativa Mundial sobre Turismo e Plásticos, empresas e destinos turísticos são apoiados para inovar, eliminar, e atualizar a forma como usam o plástico, para progredir em direção a uma economia mais circular, e reduzir a poluição de plásticos mundial”.

“Os nossos esforços não ficam por aqui. Somos um Grupo hoteleiro inovador por natureza e estamos constantemente à procura de novas áreas onde possamos reduzir o nosso impacto ambiental, enquanto contribuímos para ajudar as comunidades locais nos seus esforços para criar um futuro mais saudável e sustentável”, disse Sébastien Bazin. “Enquanto trabalhamos para cumprir os nossos compromissos, agradecemos a dedicação de todas as nossas equipas de colaboradores que partilham a nossa convicção de tornar o mundo um lugar melhor para os nossos
hóspedes, quando viajam connosco, e mesmo quando não o fazem.”