Adiada remoção em reactor de Fukushima devido a risco de contaminação

Categoria Ambiente, Energia

A central nuclear de Fukushima adiou por um ano a retirada da capa protectora de um dos recatores danificados devido ao risco de contaminação radioactiva, o que poderá atrasar o processo de desmantelamento da central, informaram os ‘media’do Japão. Trata-se do reactor número um da central, um dos que sofreu uma explosão de hidrogénio na sequência do sismo seguido de tsunami de 11 de Março de 2011, e cujo edifício foi totalmente protegido com uma cobertura especial para evitar que a elevada quantidade de resíduos radioactivos libertados devido ao acidente se estenda ao exterior. “A Tokyo Electric Power Company (TEPCO) anunciou inicialmente que os trabalhos para retirar a capa começariam em Julho último, mas decidiu protelá-los depois de, no mesmo mês, se ter detectado a presença de poeira radioactiva em arrozais próximos da central de Fukushima Daiichi”, informou a televisão estatal NHK.”