Água de Luso reforça compromisso de práticas sustentáveis na Meia Maratona

Água de Luso reforça compromisso de práticas sustentáveis na Meia Maratona

Categoria Home

Foram 35.000 participantes que se inscreveram na 29ª edição da Meia Maratona de Lisboa e assim serão plantadas 35.000 árvores na Serra do Bussaco, candidato a Património Mundial da Unesco.

Os corredores juntam-se à marca Luso, através da plantação de árvores autóctones na Serra do Bussaco, contribuindo para a reflorestação e preservação do património hídrico da Água de Luso. As árvores representam um papel muito importante neste ciclo pois são essenciais no processo de retenção da água precipitada e para o processo de purificação da água. É uma retribuição à Serra do que ela nos oferece!

Mas o compromisso de práticas sustentáveis da marca é mais abrangente. Em parceria com a Sociedade Ponto Verde e a Câmara Municipal de Lisboa, juntamente com o Clube Maratona de Portugal, foram desenvolvidas estruturas de recolha de garrafas durante o percurso da prova e à chegada, triplicando assim o número de estruturas existentes. As estruturas são facilmente identificáveis, com símbolo do ecoponto amarelo, potenciando a correta colocação das garrafas pelos corredores e diminuindo possíveis perdas de garrafas. Houve também um reforço de equipa para recolher garrafas que acabam por não ser colocadas nos contentores, e que posteriormente serão recicladas.

A Água de Luso apostou ainda na utilização de matérias-primas mais sustentáveis na produção das peças de comunicação, optando por materiais recicláveis.