Águas do Alto Minho investe 70 milhões em abastecimento e saneamento

Águas do Alto Minho investe 70 milhões em abastecimento e saneamento

Categoria Águas, Ambiente

O ministro do Ambiente e da Ação Climática, João Pedro Matos Fernandes, intervém na cerimónia que marca o arranque da atividade da empresa Águas do Alto Minho. Marcado para sábado, 4 de janeiro, às 10h00, o evento terá lugar na Quinta de S. João, em Santa Marta de Portuzelo, em Viana do Castelo.

Formalizada em julho de 2019 como uma parceria entre o Estado e as autarquias, a Águas do Alto Minho, S.A. é um projeto regional de gestão do sistema de águas que envolve sete municípios: Arcos de Valdevez, Caminha, Paredes de Coura, Ponte de Lima, Valença, Viana do Castelo e Vila Nova de Cerveira. A empresa de exploração e gestão do sistema integrado de abastecimento de água e de saneamento abrange 5400 quilómetros de rede, servindo cerca de 100 mil clientes, que correspondem a uma população de 204 mil habitantes.

A empresa Águas do Alto Minho será participada pela Águas de Portugal, SGPS, S.A. e pelos municípios envolvidos. Está previsto um investimento de 271 milhões de euros, nos próximos 30 anos, para reabilitação, renovação de rede, substituição, novas infraestruturas e manutenção, dos quais 70 milhões de euros serão concretizados nos primeiros cinco anos.

O modelo institucional de parceria pública entre o Estado e as autarquias, previsto no Decreto-Lei n.º 90/2009, de 9 de abril, concretiza-se em outras três regiões do país, com operação das empresas públicas Águas do Norte, Águas da Região de Aveiro e Águas Públicas do Alentejo.