ALU distinguida internacionalmente pela trabalho de transformação do setor da limpeza urbana portuguesa

ALU distinguida internacionalmente pela trabalho de transformação do setor da limpeza urbana portuguesa

Com três anos de existência, a Associação Limpeza Urbana – Parceria para Cidades + Inteligentes e Sustentáveis (ALU) acaba de receber a distinção internacional “Escoba de Plata”, atribuído pela associação Espanhola ATEGRUS.

Esta associação atribui o prémio à ALU pelo trabalho “na transformação do setor da limpeza urbana portuguesa, posicionando-o como uma ferramenta de transição para cidades inteligentes e como impulsionador de políticas públicas sustentáveis”, lê-se numa nota.

Com a entrega do galardão agendada para dia 15 de junho, em Madrid, o “XVIII Concurso Escobas 2022” pretende avaliar as ações tomadas para melhorar o ambiente e apostar na sustentabilidade, recompensando esforços que visam estimular os avanços tecnológicos e a consciencialização, que servem para melhorar a nossa qualidade de vida e proteger o ambiente.

A ALU tem vindo a reforçar a sua determinação e tenacidade no cumprimento do objetivo de divulgar as técnicas de limpeza urbana mais sustentáveis, vanguardistas e tecnologicamente avançadas, e ainda na concretização das ações mais importantes para os seus associados e para a melhoria dos serviços de limpeza urbana em geral.

“É com muita honra que recebemos esta distinção internacional, pois demonstra, mais do que nunca, que o trabalho desenvolvido pela ALU e pelos seus associados está no bom caminho. Os municípios, como responsáveis pela implementação de políticas públicas e pelo desenvolvimento da economia local, a mobilizar a população e modernizar os seus serviços, e as empresas privadas que são tantas vezes o motor da inovação ficam motivados.  A inovação é a chave de todas as mudanças e a medida da evolução social. Só alcançaremos serviços eficientes e justos com sistemas inteligentes e com cidadãos participativos e conscientes da importância da conservação da natureza”, declara Luís Almeida Capão, presidente da ALU, citado na mesma nota.

Este concurso internacional destina-se a municípios, câmaras municipais, associações, empresas que prestam serviços, engenharia, consultoria, instalações de gestão de resíduos e limpeza urbana, universidades, centros de tecnologia e formação, entre outros.