Associação Chabad assegura preservar espaços verdes e replantar cerca de dois terços das árvores existentes

Associação Chabad assegura preservar espaços verdes e replantar cerca de dois terços das árvores existentes

A Associação Chabad Portugal está a desenvolver um Centro de Estudos Judaicos em Cascais, um projeto dedicado à  história e aos estudos judaicos, aberto à comunidade e composto por uma biblioteca, salas de aulas, e espaços para reunião e oração.

No entanto, o Movimento SOS Costa da Guia, que representa moradores e frequentadores descontentes com a destruição dos espaços verdes públicos para construção de uma sinagoga e de instalações de apoio na Costa da Guia, veio manifestar-se contra a Associação Chabad neste projeto.

Mais de 200 manifestantes contra a destruição dos espaços verdes públicos na Costa da Guia

Em comunicado, a Associação Chabad Portugal defende que ao criar o Centro de Estudos Judaicos em Cascais, vem mostra a sua vontade em criar um espaço de diálogo cultural e tolerância, e em promover a melhoria do ambiente envolvente.

A Associação garante que o centro foi desenhado de forma harmoniosa com o meio envolvente; teve como base a preocupação de preservar os espaços verdes: a Associação Chabad pretende replantar cerca de dois terços das árvores existentes. Deverão ainda ser plantadas oliveiras e outras espécies de árvores e arbustos. Os arranjos exteriores estão pensados de forma a facultar aos cidadãos zonas de lazer e passeio.

O projeto pressupõe também a criação de um Jardim Sensorial, com efeitos terapêuticos, numa área de mais de mil metros quadrados. O espaço é especialmente destinado a pessoas com necessidades especiais, e estará aberto gratuitamente ao público.

“Trata-se de um projeto de raiz judaica, mas o nosso desejo é que seja partilhado e aberto a todos os cidadãos. Projetámo-lo exatamente assim: a pensar em todas as idades, fés e nacionalidades. É também um projeto de Cascais, para os cascalenses, e um projeto verde com um jardim que cobrirá um terço do terreno”, refere Eli Rosenfeld, rabino e diretor da Associação Chabad Portugal.