Blue Bio Value vai realizar-se pela primeira vez nos Açores

Blue Bio Value vai realizar-se pela primeira vez nos Açores

Categoria Advisor, Empresas

O Programa de Ideação Blue Bio Value, da Fundação Oceano Azul e da Fundação Calouste Gulbenkian, é realizado pela primeira vez nos Açores – e em parceria com a Universidade dos Açores –, no âmbito do programa Blue Azores, pode ler-se em comunicado enviado à imprensa

A iniciativa visa impulsionar a criação de novos negócios na área da Bioeconomia Azul no Arquipélago. O período de candidaturas decorre até ao dia 4 de dezembro aqui.

De 9 a 11 de dezembro e em formato online, estudantes, investigadores e profissionais nas áreas da ciência e da gestão da comunidade açoriana vão desenvolver ideias com potencial para se transformarem em novos negócios, com soluções sustentáveis para problemas locais ou globais. Pretende-se “fomentar a cooperação entre a investigação científica” e outras áreas como a” gestão, a economia e o marketing”, possibilitando a “criação de ideias para novos negócios de sucesso”, refere o comunicado.

Com o apoio da Fábrica de Startups e da Bluebio Alliance, entidades parceiras do programa Blue Bio Value, os participantes vão identificar problemas existentes em áreas especificas, desenvolver soluções e aprender técnicas de comunicação, para apresentarem os seus projetos de forma eficaz a potenciais investidores ou clientes. As ideias e projetos que mais se destacarem, no decorrer da sessão, terão mentoria assegurada pela Bluebio Alliance.

Esta edição desenvolve-se ao abrigo do programa Blue Azores, uma parceria entre o Governo Regional dos Açores, a Fundação Oceano Azul e o Instituto Waitt, que pretende proteger, promover e valorizar o capital natural azul do arquipélago dos Açores.

Lançado em 2018, o Programa de Aceleração Blue Bio Value já acelerou 42 empresas de 15 nacionalidades, que adquiriram competências de gestão de negócios e receberam orientação de mais de 50 mentores. Na edição de 2020, uma das empresas vencedoras, a Portuguesa Horta da Ria, foi uma das participantes da 1ª sessão de ideação, realizada em fevereiro de 2020, na Universidade de Aveiro.

O programa desta edição pode ser consultado aqui.