BNP Paribas quer premiar app para combater as alterações climáticas

BNP Paribas quer premiar app para combater as alterações climáticas

O evento final anual do Apps for Good em Portugal foi o palco escolhido para o anúncio da mais recente iniciativa, integrada na estratégia de responsabilidade social do BNP Paribas no nosso país. Anunciado para o ano letivo 2018/2019, o BNP Paribas Portugal lançou o Cooler Planet Award by BNP Paribas, no âmbito da parceria com a Apps for Good. O prémio (até 10.000€) pretende apoiar financeiramente o desenvolvimento e lançamento da melhor app projetada pelos estudantes para solucionar um problema ambiental e ajudar ao combate das alterações climáticas.

O BNP Paribas Portugal, em parceria com a Fundação BNP Paribas, patrocina durante 3 anos letivos o programa Apps for Good, um projeto de inovação e responsabilidade social para as escolas, que incentiva alunos dos ensinos básico (2.º e 3.º ciclo) e secundário a desenvolver apps que contribuam para a resolução de um problema da comunidade.

“O BNP Paribas em Portugal definiu a educação como o eixo estratégico às suas iniciativas de responsabilidade social no país, pois a educação é a ferramenta mais inclusiva e eficaz na promoção de igualdade de oportunidades para todos. O lançamento deste Cooler Planet Award by BNP Paribas alia a educação tecnológica à promoção da sustentabilidade ambiental e ao incentivo à inovação. Faz, assim, todo o sentido que a nossa ligação ao Apps for Good passe também pela promoção e contribuição ativa da neutralidade carbónica de Portugal”, defende Fabrice Segui, CEO do BNP Paribas Portugal.

Pelo evento, que decorreu ontem na Fundação Calouste Gulbenkian, passaram as 22 equipas finalistas,
selecionadas pelo júri nos Encontros Regionais – Açores, Madeira, Norte (Valongo) e Sul (Lisboa). De entre todas as aplicações desenvolvidas para solucionar desafios crescentes da sociedade de hoje, os criadores das apps 1936, my pill dispenser e I-dose pills terão a oportunidade de representar Portugal no evento de Londres, onde farão o PITCH do seu projeto ao júri do Reino Unido, não sem antes treinarem e receberem feeback em PITCHs Accelerators a voluntários do BNP Paribas.