Buondi, Sical, Tofa e Christina passam a entregar café em viaturas 100% elétricas

Buondi, Sical, Tofa e Christina passam a entregar café em viaturas 100% elétricas

Categoria Advisor, Empresas

A Nestlé Professional acaba de anunciar que já se encontram a circular as primeiras viaturas 100% elétricas na sua frota de distribuição para auto-venda no canal HORECA. A partir de agora, a Buondi, a Sical, a Tofa e a Christina passam a entregar o café aos clientes Nestlé Professional de uma forma mais sustentável.

Esta ação faz parte do programa de sustentabilidade “Crescer Sustentável” da Nestlé Professional, que conta com um total de oito compromissos que refletem uma abordagem abrangente e integrada, com metas específicas, para cada etapa da cadeia de valor no negócio de cafés torrados.

Segundo a empresa, cada viatura elétrica, do modelo E-Vito da marca Mercedes, evita a emissão anual de cerca de 10 toneladas de C02, numa ambição que culmina no objetivo de até 2025 ser possível assumir 100% da frota própria da Nestlé com viaturas elétricas. “A transformação da frota comercial de auto-venda em viaturas elétricos junta-se à mudança já iniciada em 2021 na frota de veículos ligeiros não comerciais da Nestlé Portugal”, refere a Nestlé, destacando que, “no total, pretende-se que esta transformação atinja mais de 455 veículos até 2025”.

Para João Graça, marketing manager da Nestlé Professional, “este é um grande contributo para o objetivo máximo da companhia de atingir a neutralidade carbónica até 2050, partilhando valor com a sociedade ao longo do seu desenvolvimento. Para cumprirmos estes objetivos, precisamos de assumir uma verdadeira mudança de paradigma e a opção do veículo elétrico é uma peça fundamental neste contexto”.

Alterar na totalidade uma frota automóvel constitui um desafio para colaboradores e empresa e, por isso, foram já realizadas diversas sessões de formação sobre como conduzir um veículo elétrico, cuidados a ter na gestão das autonomias de energia, locais de abastecimento e como utilizá-los, entre outras questões relacionadas com um dia-a-dia diferente e mais sustentável. Do lado da empresa, simultaneamente com a alteração das viaturas, procedeu-se também à colocação de diversos postos de carregamento de viaturas no edifício da sede, em Linda-a-Velha, e nas fábricas de Avanca e Porto. No total, esta transformação é suportada por 72 carregadores elétricos, distribuídos pela Fábrica do Porto conta com 12 postos, Fábrica de Avanca com seis, a sede em Linda-a-Velha com 52 e a delegação comercial no Funchal com dois.