Campanha da Electrão já recolheu mais de 1600 toneladas de equipamentos

Campanha da Electrão já recolheu mais de 1600 toneladas de equipamentos

Mais de 1600 toneladas de pilhas, baterias e equipamentos elétricos usados foram entregues nos quartéis de bombeiros portugueses de janeiro a outubro, no âmbito da campanha “Quartel Electrão”, que terminou no final do mês de novembro.

Este ano a iniciativa promovida pelo Electrão (Associação de Gestão de Resíduos), decorreu em plena pandemia, mas ainda assim os resultados alcançados até ao momento já superaram as expectativas. De acordo com a entidade, falta ainda contabilizar as recolhas efetuadas durante o mês de novembro, mas já se pode afirmar que este é um dos melhores resultados de sempre da campanha.

“Trata-se de uma quantidade considerável de resíduos recolhidos num ano atípico em que a pandemia nos confinou a quatro paredes. Apesar disso os bombeiros mantiveram-se sempre em alerta. A cumprir o serviço público, em defesa das populações e em proveito do ambiente”, sublinha em comunicado o diretor-geral do Electrão (Recolha e Reutilização), Ricardo Furtado.

Este ano o prémio a atribuir à corporação que mais resíduos recolheu é um veículo ligeiro de combate a incêndios florestais. A associação que ficar em segundo lugar terá direito a cinco mil euros convertíveis em equipamentos de proteção florestal. Para quem recolher mais pilhas e lâmpadas, esse valor fica nos 1500 euros. A corporação estreante que reuniu a maior quantidade irá receber 750 euros em cartões pré-pagos de combustível. Os resultados e os quartéis vencedores vão ser anunciados no próximo mês de janeiro.

Esta iniciativa tem como objetivo envolver as associações humanitárias de bombeiros voluntários na sensibilização da população para a necessidade de encaminhar os equipamentos elétricos usados, de forma a assegurar a sua descontaminação e reciclagem.