Carnaval de Torres Vedras 2019 é um Eco Evento

Carnaval de Torres Vedras 2019 é um Eco Evento

Categoria Advisor, Agenda

O Carnaval de Torres Vedras não se faz apenas de diversão. Ao longo dos seis dias de folia, a preocupação com a sustentabilidade ambiental é uma constante. Numa nota enviada à imprensa lê-se que “no ano em que o tema “Made in Portugal” serve de inspiração para foliões, grupos de mascarados, construtores de carros alegóricos e do Monumento ao Carnaval, a Câmara Municipal de Torres Vedras assume, uma vez mais, o compromisso de reduzir o impacto ambiental resultante da realização do Carnaval através da participação na iniciativa Eco Evento Valorsul”.

A iniciativa da Valorsul proporciona formação e apoio à gestão adequada de resíduos, atribuindo ao evento um carácter de responsabilidade e sustentabilidade e disponibilizando uma contrapartida financeira de acordo com a quantidade de resíduos recolhidos seletivamente durante o evento. Depois de, nas últimas duas edições, ter recolhido e enviado para reciclagem cerca de 20 toneladas de resíduos, este ano a compensação será doada à Associação Humanitária de Bombeiros Voluntários de Torres Vedras.

Contagem decrescente para o início da folia

O programa do Carnaval de Torres Vedras arranca a 1 de março com o já habitual corso escolar, em que milhares de crianças e jovens desfilam nas ruas do centro da cidade. E se este é o início de seis dias de festa, a verdade é que o lançamento da “primeira pedra” do Carnaval de Torres Vedras está marcado para o dia 9 de fevereiro, às 19h00, com a inauguração do Monumento ao Carnaval. Localizado na Praça da República, em pleno centro da cidade, o Monumento será o “baluarte de um tema que faz jus ao nosso país e que estará de pé até ao final dos festejos carnavalescos”, refere a nota.

A chegada e entronização dos Reis, os concursos de grupos de mascarados e de “matrafonas”, o Baile de Máscaras Tradição e os corsos diurnos de domingo e terça-feira são alguns dos momentos que dão forma ao programa do Carnaval, que termina na quarta-feira de cinzas com a “morte” do Rei e o enterro do Entrudo.

O município lembra ainda que esta edição será a primeira do reinado de Fernando Martins. Membro da banda de música O.S.G.A. desde 1991, o torriense substitui Ricardo Miranda Santos, que ao fim de 12 anos abdicou do trono. Fernando Martins prepara-se para dar início ao seu reinado ao lado da rainha que, como manda a tradição, também é um homem da terra: de seu nome Ricardo Rodrigues, está no trono desde 2017.

Para além da criatividade e originalidade dos mascarados, participantes e visitantes do Carnaval torriense podem ainda contar com as famosas “matrafonas” (homens mascarados de mulher) e a sátira político-social inerente aos carros alegóricos e aos próprios mascarados, marcas distintivas daquele que é o Carnaval “mais português de Portugal”.

O Carnaval de Torres Vedras é uma organização da Câmara Municipal de Torres Vedras; Produção da Promotorres E.M; Patrocínio: Sagres; Vinho Oficial: Adega Mãe; Televisão Oficial: TVI; Parceiros institucionais: Oeste Portugal e Green Destinations.