Certificação ambiental renovada a quatro edifícios e sete entidades do BNP Paribas em Portugal

Certificação ambiental renovada a quatro edifícios e sete entidades do BNP Paribas em Portugal

Categoria Advisor, Empresas

O BNP Paribas em Portugal viu renovada a certificação ambiental “ISO 14001:2015”, obtida em 2017 para dois edifícios onde desenvolve a sua atividade, alargar-se agora a quatro, abrangendo sete entidades do grupo, anuncia.

Esta certificação, atribuído pela APCER, abrange todas as atividades, serviços e produtos do BNP Paribas, Securities Services, Personal Finance (que opera sob a marca Cetelem), Cardif, Leasing Solutions, Factor e ITP, nos edifícios ART’s, Gago Coutinho #26 e Torre Ocidente – Colombo, em Lisboa, e URBO, em Matosinhos.

Para Patrícia Freixo, gestora de ambiente do Grupo BNP Paribas Portugal, “a certificação é o resultado de um forte planeamento estratégico nas áreas de negócio envolvidas, que passou pelo estudo do impacto ambiental sob a perspetiva do ciclo de vida dos produtos financeiros e a identificação dos riscos e oportunidades que as alterações climáticas representam para os seus negócios”.

Neste sentido, a implementação do Sistema de Gestão Ambiental no BNP Paribas Securities Services, a primeira entidade do grupo a ser certificada em Portugal, foi, na altura, um “importante passo na forma como a organização gere os impactes ambientais diretamente causados pela utilização dos edifícios e cujos impactes têm vindo a diminuir desde então”, lê-se no comunicado. Nos primeiros três anos, entre 2017 a 2019, foi possível obter “menos 15% no consumo de energia elétrica por colaborador”; “menos 66% no consumo de papel de impressão por colaborador; e “menos 37% no consumo de água por colaborador”.

Através do desenvolvimento do programa “Cooler Planet by BNP Paribas Portugal“, com o qual se propõe desde 2018, em “contribuir para o compromisso de Portugal com a neutralidade carbónica até 2050”, são várias as soluções inovadoras que têm sido adotadas na forma como gere os impactes das pessoas e edifícios, dos produtos e serviços disponibilizados aos seu clientes e na produção de impactes positivos, na sociedade, nomeadamente através do offset de parte do CO2 produzido localmente.

Para o ano 2021, o BNP Paribas encontra-se a desenvolver a sua própria estratégia de mobilidade urbana sustentável, através da qual procura encontrar soluções para reduzir os impactes das deslocações dos seus colaboradores, como resposta aos compromissos locais assumidos, nomeadamente, o “Pacto de Mobilidade Empresarial para a Cidade de Lisboa” e do “Compromisso Ação Climática 2030”.