Chegou a Portugal o primeiro barco movido a energias renováveís e hidrogénio

Chegou a Portugal o primeiro barco movido a energias renováveís e hidrogénio

Categoria Ambiente, Energia

O Energy Observer, o primeiro barco movido a energias renováveis e hidrogénio, vai passar por Portugal, com paragem na cidade de Lisboa, na Praça do Comércio. Vai ter ainda a The Village aberta ao público, com entrada gratuita, para aqueles que tenham curiosidade em visitar o espaço entre as 10h às 20h na Av. Infante Dom Henrique. Chegou ontem, dia 18 de setembro, e ficará até dia 30 de Setembro.

Esta paragem faz parte da rota pelo Mar Mediterrâneo que a embarcação iniciou no passado mês de março e terminará em dezembro deste ano. Uma viagem que faz parte de uma volta ao mundo, com uma duração de cinco anos, num total de 50 países e 101 portos.

Desde 2015, AccorHotels é o principal patrocinador do Energy Observer. Juntamente com esta iniciativa, a AccorHotels criou uma aliança técnica e tecnológica com a CEA Tech, um laboratório de investigação aplicada, especializado em energias alternativas e um fornecedor tecnológico para navios. Esta colaboração surge com o intuito de testar as instalações de eletricidade do Energy Observer em alguns dos seus hotéis, antes de se considerar uma implementação em grande escala.

O acordo entre AccorHotels e o Energy Observer faz parte da estratégia de Responsabilidade Social Corporativa do Grupo, o programa Planet 21 ActingHere, que contempla duas grandes prioridades para 2020: o compromisso dos hotéis com a transição energética para a criação de edifícios neutros em carbono e a oferta de alimentos saudáveis e sustentáveis, reduzindo o desperdício de alimentos. Para AccorHotels, esta é uma oportunidade para envolver nesta transição os seus stakeholders (colaboradores, hotéis, hóspedes, membros do programa de fidelização).

Ser um dos principais parceiros do Energy Observer é para AccorHotels mais um passo em direção ao seu compromisso com a sustentabilidade e o meio ambiente. Iniciativas como esta fazem parte do seu programa de desenvolvimento sustentável, Planet21, com base no qual planeia todas as atividades de Responsabilidade Social Corporativa em benefício da biodiversidade, das energias renováveis e da economia circular.

Entre as iniciativas mais recentes de AccorHotels, destacam-se projetos de sustentabilidade como o Plant for the Planet, com o qual se contribuiu para a reflorestação de diversas zonas da península, financiado com 50% dos recursos economizados com a lavandaria (detergentes, água, etc.), por exemplo, através da reutilização de toalhas dos clientes. Com o objetivo de aproximar os clientes a esta iniciativa, AccorHotels organizou uma exposição fotográfica itinerante que pode ser visitada durante todo o ano nos hotéis das diferentes marcas do grupo (Mercure, Novotel, Ibis, Ibis Budget, Ibis Styles, etc.).

Outro exemplo de um projeto sustentável, que se destaca como pioneiro em todo o mundo, é o desenvolvido pelo Novotel nos seus hotéis em Espanha e Portugal para criar aventais para os colaboradores de F&B, a partir de uniformes reciclados. Em colaboração com a Cepovett, empresa fabricante de trajes profissionais, foram produzidos 700 metros de tecidos reciclados para a criação dos novos aventais.

Em apoio ao desenvolvimento da agricultura urbana, o Grupo permitiu a plantação de mais de 500 pomares urbanos em todo o mundo, 30% dos quais em Espanha e Portugal, de um total de 1.000 que serão plantados até 2020. A esta iniciativa, acrescentam-se as medidas para combater o desperdício de alimentos em cozinhas e restaurantes que estão a ser implementadas em 38 hotéis em 13 países. Esta última medida levou à redução de desperdícios de comida em quase 60% nas cozinhas dos hotéis-piloto, com uma poupança estimada de cerca de 540.000€.