Continente e Madeira com risco muito elevado de exposição à radiação UV

Continente e Madeira com risco muito elevado de exposição à radiação UV

Quase todas as regiões de Portugal continental e o arquipélago da Madeira apresentam hoje um risco muito elevado de exposição à radiação ultravioleta (UV), segundo o Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA), citado pela “Lusa”.

De acordo com o IPMA, todas as regiões do continente, com exceção de Viana do Castelo e Braga (elevado), apresentam níveis muito elevados de radiação UV tal como o arquipélago da Madeira. Os Açores estão, segundo o IPMA, com níveis moderados. O IPMA prevê para os próximos dias no continente uma subida dos valores das temperaturas, em particular da máxima, prevendo-se valores acima da média para o mês de abril.

Segundo o IPMA, a temperatura máxima irá variar entre 24/25 °C na generalidade do território, podendo atingir 27/28°C em alguns locais. A temperatura mínima, deverá variar entre 4ºC e 13ºC, subindo para valores entre 9ºC e 16 ºC a partir de sexta-feira. No fim de semana, a temperatura máxima deverá voltar a descer, mantendo-se no entanto acima de 20ºC praticamente em todo o território do continente.

O IPMA prevê para hoje céu geralmente limpo, vento fraco, soprando temporariamente moderado de sueste no Algarve e nas terras altas, neblina ou nevoeiro matinal em alguns locais e pequena subida de temperatura, em especial da máxima. Na Madeira prevê-se períodos de céu muito nublado, tornando-se muito nublado no final do dia com ocorrência de períodos de chuva, vento fraco, tornando-se fraco a moderado do quadrante norte no final do dia.

No continente, as temperaturas mínimas vão variar entre os 07 graus celsius (em Bragança e Braga) e os 12 (em Faro) e as máximas entre os 20 graus (na Guarda) e os 28 graus (em Santarém). No Funchal, as temperaturas vão oscilar entre os 16 e os 22 graus.

Para as regiões com risco muito elevado e elevado de exposição à radiação UV, o IPMA recomenda o uso de óculos de sol com filtro UV, chapéu, T-shirt, guarda-sol e protetor solar, além de desaconselhar a exposição das crianças ao sol. No caso de risco moderado são aconselhados óculos de Sol e protetor solar.

Os índices UV variam entre um e dois, em que o UV é baixo, três a cinco (moderado), seis a sete (elevado), oito a 10 (muito elevado) e superior a 11 (extremo).