Diminui área e intensidade da seca metereológica do país

Diminui área e intensidade da seca metereológica do país

De acordo com o índice PDSI (Palmer Drought Severity Index), considerado pelo IPMA, respeitante ao final de abril, verificou-se uma diminuição da área e da intensidade da seca meteorológica nas regiões do Centro e do Sul, onde já não se verifica a classe de seca severa, mantendo-se ainda a classe de seca moderada no Baixo Alentejo e Algarve.

No final do mês cerca de 1/3 do território estava em situação de seca meteorológica (classes de seca fraca e moderada). Sendo assim, ao nível do território nacional registam-se os seguintes indicadores: normal: 25.5%; seca fraca: 19.4%; seca moderada: 14.5%; seca severa: 0.0%; e seca extrema: 0.0%.

Relativamente à monitorização da seca meteorológica, pelo IPMA, entre maio 2019 e abril de 2020, verifica-se que a situação de seca durante quase todo o ano de 2019 sofreu a partir de outubro um desagravamento que foi mais significativo a partir do mês de novembro até janeiro de 2020. Em fevereiro verificou-se um novo aumento da percentagem do território em seca, mantendo-se em março uma situação idêntica mas com diminuição da área em seca extrema. Em abril apenas existem as classes de seca fraca e moderada.