EDP Cool Jazz promove reutilização com copos 100% recicláveis

EDP Cool Jazz promove reutilização com copos 100% recicláveis

A Re-Cup associa-se à Live Experiences num dos festivais mais carismáticos e sustentáveis de Portugal, o EDP Cool Jazz , para introduzir uma medida de sustentabilidade ambiental, com a introdução de copos reutilizáveis (ECO COPO). Desta forma, a organização espera com isso reduzir consideravelmente para um terço o número de copos de plástico no evento, e consequentemente também a limpeza do recinto ao longo do festival.

A aquisição do ECO COPO é feita no momento da compra da primeira bebida, num dos bares do recinto do festival, e apenas pelo valor simbólico de 1 euro. Este valor só é pago na primeira bebida e o ECO COPO será sempre trocado por um novo nas bebidas seguintes. No final do concerto o ECO COPO poderá ser levado para casa e reutilizado nos próximos concertos do festivel.

Com a introdução do ECO COPO o EDP Cool Jazz está a “contribuir para uma melhor pegada ecológica, enquanto preserva os espaços onde se realiza o festival (Jardins do Marquês de Pombal e Parque dos Poetas) e reduz o impacto nos mesmos, ao promover o consumo sustentável e ambientalmente responsável no espaço COOL PICK & GO (food court do festival) com copos 100% recicláveis e que serão disponibilizados por apenas um euro no momento da compra da primeira bebida”, realça a organização, em comunicado.

De sublinhar que as preocupações ambientais já fazem parte do ADN do EDPCOOLJAZZ, sendo um festival e)mission neutral certified®. A EDP financia anualmente a compra de créditos de carbono, permitindo a neutralização das emissões de carbono calculadas pela e)mission sobre o impacto carbónico do evento no que diz respeito às viagens e alojamento dos artistas, logística, queima de combustíveis pelos geradores, consumo de eletricidade, entre outras fontes de emissões.

Este empenho por parte da organização e respetivo parceiro do festivel já mereceu um prémio na 2ª Edição dos Iberian Festival Awards, realizada este ano e referente a 2016, ao vencer a categoria amiga do ambiente “Melhor Contribuição para a Sustentabilidade”.