ESAC avança na eficiência energética com cinco projetos

ESAC avança na eficiência energética com cinco projetos

Categoria Advisor, Formação

São já quatro os projetos de eficiência energética implementados nos últimos cinco anos na Escola Superior Agrária do Politécnico de Coimbra (ESAC-IPC), resultado da aposta desta instituição na gestão racional de recursos e na sustentabilidade.

Os projetos de eficiência energética na Biblioteca, Bloco A e Bloco J, recentemente concluídos, vêm juntar-se ao primeiro implementado no edifício principal da ESAC. Os objetivos destas intervenções, tal como indica a ESAC, são reduzir o consumo e a despesa com a energia, melhorar significativamente os confortos térmico e luminotécnico, bem como a qualidade do ar interior, proporcionando assim melhores condições para as atividades letivas, de investigação e de serviços.

Com um investimento total de cerca de 320 mil euros, foram instaladas cerca de 220 luminárias LED com sensores e um sistema de gestão remoto, colocados 262 m2 de vãos envidraçados (janelas e portas) em perfil de alumínio com corte térmico e vidro duplo, aplicados 1800 m2 de isolamento térmico em paredes e coberturas e instalados painéis solares térmicos para aquecimento de águas sanitárias. A implementação destas medidas permitiu atingir as classes energéticas B- e B, estimando-se uma redução de consumo de energia na ordem dos 516 MWh/ano, enquanto se evitará a emissão para a atmosfera de 82 toneladas de CO2/ano, refere a instituição.

O elevado número de edifícios que constituem as instalações da ESAC e a necessidade de alargar muitas destas tipologias de intervenção a outros espaços, levou a instituição à apresentação de quatro novas candidaturas ao sistema de Apoio à Renovação Energética dos Edifícios da Administração Pública Central do Fundo Ambiental. Num total de 214 candidaturas registadas, a primeira candidatura foi submetida pela ESAC.