Escritórios “verdes” também contribuem para ter colaboradores mais produtivos

Escritórios “verdes” também contribuem para ter colaboradores mais produtivos

Um estudo publicado pela youris.com e divulgado pela Comissão Europeia através do Community Research and Development Information Services, mostra que os edifícios e os escritórios “verdes”, além de protegerem o ambiente também podem beneficiar os seus utilizadores.

De acordo com o Público, cada vez mais empresas e os seus stakeholders focam-se igualmente nas pessoas que utilizam os edifícios. De facto, o paper desenvolvido pelo European Joint Research Centre identifica “os espaços saudáveis e confortáveis” como um dos fatores essenciais para avaliar a performance ambiental de um edifício e também um relatório de 2014 do World Green Building Council indica existir um enorme potencial para que os edifícios e escritórios verdes possam oferecer espaços de trabalho saudáveis e confortáveis aos seus utilizadores.