Explorações “offshore” vão financiar Fundo Azul

Explorações “offshore” vão financiar Fundo Azul

O Fundo Azul, “mecanismo de incentivo financeiro” ao arranque de atividades ligadas à economia do mar, “incluindo a gestão de risco associado aos novos usos do mar”, já tem várias formas de financiamento elencadas. Uma delas é a exploração “offshore” do petróleo e gás em Portugal, noticia o Jornal Negócios.

De acordo com o decreto-lei que cria o Fundo Azul – mecanismo já anunciado por Ana Paula Vitorino, ministra do Mar, aquando do debate nas especialidades das propostas de Orçamento do Estado e no Conselho de Ministros extraordinários dedicado ao mar. realizado há uma semana -, terá fontes diversificadas de financiamento.

Além de prever o percurso a financiamento público e privado, através de capital de risco, o Fundo prevê que parte das taxas cobradas a vários operadores revertam para o novo financiador à investigação, desenvolvimento e start-ups dedicadas ao mar.