G20 compromete-se a alcançar objetivos do Acordo de Paris sem a participação dos EUA

G20 compromete-se a alcançar objetivos do Acordo de Paris sem a participação dos EUA

Os chefes de Estado e Governo do G20, à exceção dos Estados Unidos, comprometeram-se a alcançar os objetivos do Acordo de Paris para enfrentar o aquecimento global, segundo o comunicado final da sua reunião em Buenos Aires.

“Os signatários do Acordo de Paris, que também aprovaram o Plano de Ação de Hamburgo, reafirmaram que o acordo é irreversível, e comprometeram-se com a sua implementação”, assinala um dos pontos.

Já os Estados Unidos deixaram consolidada na declaração final assinada neste sábado a sua decisão de se retirar do acordo. Também reafirmaram seu compromisso com o crescimento económico baseado “no uso de todas as fontes de energia e tecnologia”, bem como com a preservação do meio ambiente, refere a agência Lusa.

Hoje começa na Polónia a conferência sobre o clima COP24, em que 197 países signatários definirão as regras para alcançar os objetivos de redução dos gases do efeito estufa determinados pelo Acordo de Paris.

O presidente americano, Donald Trump, anunciou em 2017 a retirada de seu país do acordo climático, assinado em 2015 por seu antecessor, Barack Obama.

Os líderes do G20 reconheceram também os atuais “problemas do comércio”, no comunicado final, mas não condenaram o protecionismo enquanto estratégia, no momento em que Estados Unidos e China discutem sobre este tema. O texto reconhece que o sistema comercial multilateral “falhou em os seus objetivos”, e destaca a necessidade de mudanças na Organização Mundial do Comércio.

Foto de Alexander NEMENOV / AFP