Galp vai comprar gás norte-americano

Galp vai comprar gás norte-americano

Categoria Ambiente, Energia

O gás de xisto norte-americano vem a caminho da Europa. Depois da América do Sul e da Ásia, Portugal vai ser o primeiro país europeu a receber este gás. Este primeiro carregamento era há muito esperado e a Galp chegou-se à frente para ser a primeira companhia europeia a receber gás americano.

O porto português de Sines vai receber a carga já na próxima semana. A notícia foi avançada pela agência ICIS e confirmada ao Negócios pela Galp.

“Esta carga foi adquirida no âmbito da atividade internacional de aprovisionamento e comercialização de gás natural liquefeito (GNL)”, disse fonte oficial da energética. A atividade de trading de gás foi responsável por 50% das vendas de gás da Galp em 2015.

A Galp comprou gás à companhia norte-americana Cheniere, que também começa a vender gás à EDP a partir de 2020. Os valores do negócio não foram revelados.

O gás atravessa neste momento o Oceano Atlântico, trazido pelo navio Creole Spirit, com capacidade para transportar 174 mil metros cúbicos de gás natural liquefeito.

A Nigéria foi a maior fonte de aprovisionamento de gás natural da Galp em 2015, com 47% do total, via transporte marítimo. Segue-se a Argélia, com 27%, com o gás a ser transportado através de gasodutos via Espanha.