Geada tardia arrasa produção de amêndoa

Geada tardia arrasa produção de amêndoa

De acordo com o Jornal de Notícias, os produtores transmontanos e durienses de amêndoa andam desanimados. Segundo Bruno Cordeiro, presidente da Cooperativa Agrícola dos Produtores de Amêndoa e Trás-os-Montes e Alto Douro, “as temperaturas de dezembro e janeiro, muito altas para a época, adiantaram muito a floração das amendoeiras e as geadas da semana passada puseram em risco a produção deste ano”. Acrescenta ainda que é cedo para um balanço definitivo, mas “se o frio noturno se mantiver por mais dias, as quebras de produção podem chegar aos 80 ou 90%”.